sábado, 29 de dezembro de 2012

56 Anos 3 horas e 35 minutos


      
 Estou completando 56 anos de idade e de algumas marcas em minha vida que já me fizeram entender que na minha existência, sou um total dependente daquele que me salvou, me resgatou e me conduz a cada dia, um após o outro em sua total dependência. Tenho dito Nada em mim existe que não seja tudo de Ti
A fragilidade da vida eu já experimentei, as limitações humanas conheço-as muito bem, as mazelas do Ser Humano já me levaram a compreender o que Paulo tentou dizer que não há um justo sequer... não tenho grandes expectativas pois já vivi mais da metade da vida que Deus me deu e sei que nessa próxima fase e pelo que ele me levou as experimentar na primeira, sei de meu propósito, sei a quem sirvo e não pretendo fugir do sentimento de que a vida e tão efêmera que a bíblia a qualifica de um piscar, uma nuvem que passa ou como o orvalho que sobre a grama se dissipa nos primeiros raios de sol. Por isso remir o tempo e meu desejo.
Me sensibilizo mais com uma criança, com seu inocente sorriso ou sua angustiante face necessitada de acolhimento, amor e suporte. O olhar de uma criança carente me entala a goela mais do que qualquer outra coisa. Aos 56 anos de idade sou um privilegiado, andei por boa parte do mundo, falo alguns idiomas com esforço, fiz amigos por onde andei, zelo por essas amizades, conheci a Cristo ainda cedo, sirvo a Deus com minhas limitações, tenho uma esposa que nunca me permitiu duvidar que o amor é o que o amor faz, dois filhos que como presentes de Deus me deixam com o coração apertado de tanto amor, uma filha, que como flor enxertada em meu jardim e que com a sua graça contagiante me deu a alegria de não ser apenas pai de machos.
O que posso querer mais? Se tenho um  maravilhoso Deus, se tenho família amada, se tenho uma comunidade da fé, minha família espiritual, verdadeiros amigos que me cercam e que pela vida mostraram sua veracidade em me amar, apesar de mim.

Alguém vai tentar analisar minhas posições, pouco me importa, quem pode perscrutar meu coração senão aquele que me conhece no amago? E esse não me analisa, simplesmente me ama. Alguém vai tentar dizer que esse e um discurso alienante, fora da realidade, sem ambição...  ledo engano, ao contrário, esse é um discurso realista, pés no chão de quem tem vivido com intensidade, experimentado a vida em todas as suas facetas.
Quando o escritor  da sabedoria de Eclesiastes disse que tudo era vaidade, o dizia no contexto de um coração que de tudo havia experimentado para chegar a essa conclusão, não preciso experimentar tudo,  ate onde caminhei já pude perceber que essa é a realidade.
São 2:45 horas da manhã, completei agora 56 anos, 2 horas e 35 minutos, tempo suficiente para compreender melhor a vida. O rádio faz uma coletânea de flashbacks que parece ser de propósito para deixar meu coração melancólico, saudoso dos amigos que prematuramente já perdi, mas feliz pelos que tenho por perto.
Feliz? Sim, muito feliz e... realista
Miguel Uchôa, aos 56 anos 

4 comentários:

Debs disse...

Feliz aniversário.
Que o Senhor Jesus com seu infinito amor continue a usar de sua vida para obra D'Ele.
A paz e o amor esteja contigo e com toda sua família.
E claro, um feliz 2013 :)
PACR - Gravatá-PE

Wanda disse...

Parabéns Pastor Miguel, pela coragem forca e determinação com a obra de Deus em sua vida. Muitas famílias alcançadas com o dom da palavra e sabedoria que Deus oferece em sua existência. Parabéns que a sua vida seja repleta de bênçãos e saúde! Marcelo, Wanda, Lucas e Laís.

Janaína Albuquerque disse...

Parabéns Miguel. A vida é como está escrito em Eclesiaste. Por isso, desejo que os próximos anos de sua vida sejam vividos em plenitude, um dia após o outro e a benção de Deus esteja sobre você, sua família e também sobre aqueles que você conduz como líder espiritual.
Abraços,

Janaína e Joseildo
Célula Vitória em Cristo

Ari disse...

Parabéns Miguel pelo aniversário e por nos presentear com essa reflexão que vem do íntimo do seu coração!

Ari&Beatriz