quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Excelência é o padrão do Reino




se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.Fl 4:8b


“ eu estou fazendo isso pra Jesus e ele entende o meu coração e sabe de minhas intenções...” Quantas vezes você ouviu essa frase ser dita numa igreja? Eu já ouvi provavelmente milhares de vezes, e , na maioria delas, são desculpas para se fazer a obra de Deus em um padrão sofrível de qualidade, quando não com um péssimo padrão. Não é a sem motivo que muitas pessoas já se acostumaram a nominar certas perfomances como “ coisa de crente”. Você chega em uma igreja evangélica e , a iluminação é fraca, muitas lâmpadas estão queimadas, as paredes são pintadas de uma cor inadequada, o prédio parece um armazém, a ausência de qualquer obra de arte é uma marca pois do contrário se confundirá com “idolatria”. Os acentos são bancos longos e desconfortáveis, de madeira escura onde todos se apertam. As janelas são basculantes com ventilação sofrível e vidros coloridos, no primeiro acorde a música produz microfonia e o som é elevado. A música dura 45 minutos , o pastor fala 1 hora e no fim disso tudo o dirigente ainda diz assim, Deus se agradou deste culto!!!
Ora, sabemos que Deus é misericordioso, mas fazer as coisas para Ele com tudo da pior qualidade e dizer que é válido, é simplesmente uma desculpa para a ausência de zelo. Compreendo que muitas vezes faltam recursos, mas creio que falta mais bom gosto, estratégia, sensibilidade e excelência!
Falta aos cristãos, em muitos casos, a noção de excelência. Excelência é o maior esforço possível para fazer o melhor possível. E quando se perceber que o padrão está sofrível, melhor é refazer, suspender, substituir do que manter a ação. Alguém quer ser parte de um ministério e assim deseja por querer servir a Deus, mas nem todos estão dispostos a serem treinados e capacitados para toda a boa obra . Quando Paulo diz a Timóteo para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra. 2 Tm 3:17 , ele está dizendo que a escritura, a Palavra de Deus nos capacitará a fazer tudo plenamente, bem feito para o Senhor. Excelência não é perfeição, como cristãos sabemos que não há nenhum perfeito nem justo... a não ser o próprio Jesus, mas isso não deve nos mover a fazer as coisas de qualquer modo e sim nos motivar a fazer o melhor possível para nos aproximarmos da perfeição que Deus merece.
Tenho aprendido ao longo dos anos a buscar o meu maior esforço para fazer o meu melhor para aquele que deu o melhor de si para mim. Tenho elevado meu padrão de excelência e isso significa mais horas de trabalho, de leitura,de treinamento, mas recursos financeiros gastos, mais livros comprados, mais sacrifício de tempo, mais investimento em pessoas, mais custos em estrutura, mas equipamentos modernos, mais dedicação, mais compromisso, mais gosto pelo que pode fazer Deus sorrir e mais alegria em saber que , no final de tudo fiz o melhor possível. Porque , sinceramente, após cada ação, eu sei e meu travesseiro é testemunha se o que eu fiz foi de fato o meu melhor. O Reino demanda isso, porque excelência é o padrão do Reino

Um comentário:

João do Catro disse...

Queria concordar com todo o texto, mas não. Grande parte, porém não todo.

De qualquer forma, é evidente que Deus tem se alegrado com nossa igreja! E temos que dar o nosso melhor para Ele.

Embora eu não concorde, entendo a sua posição. Agora sim eu a entendo muito bem. Obrigado por sanar a dúvida que eu tinha dentro de mim há algum tempo.

Que Deus nos abençõe e que o nosso padrão seja sempre, sim, com excelência.

Continuarei lendo e comentando os seus textos.