domingo, 23 de novembro de 2008

Faz sentido?


Sei que muita gente vai dizer que tudo isso é relativo, mas sinceramente existe um limite para esse relativismo? Será que não? Existem coisas que ainda me chocam e espero que continue assim, me chocando.. vivemos em um mundo injusto, com regras injustas e sem principios que levem os seres humanos a refletirem naquilo que fazem, vivem, ouvem e dizem...
Faz sentido que em meio a uma crise mundial, não bastasse a crise que já acompanha os paises pobres a séculos, que escraviza nações , que explora tanta gente, estejamos vendo tantos abusos financeiros?
Na 4ª feira 19.11 a ONU inaugura uma sala de reuniões em Genebra com uma obra de arte que tem se chamado de “ Capela sistina da ONU” uma obra de arte no teto custou nada menos que 30 Milhões de doláres e que foi custeada pela Espanha sob a justificativa que “ arte não tem preço”
Nesta ultima 5a feira dia 20.11 foi inaugurado o hotel “ Atlantis, The Palm” Dubai. Uma mega contrução de 1,5 bilhões de dólares, numa festa de 2.000 convidados e que nela foram gastos nada menos que 20 milhões de dólares...
Podem me achar desinformado, radical ou qualquer coisa do genero, mas mesmo sendo parte deste desequilíbrio social que vivemos, me parece ir longe demais se gastar 20 milhões de doláres para uma festa e 30 milhões para decorar uma sala de reuniões. Olhando para o sertão Nordestino e o estado das pessoas que lá vivem, para as nações africanas e asiáticas que vivem no limiar entre a vida e a morte.. não posso achar que isso é relativo.. não, não é relativa a morte por inanição, não é relativa a desnutrição infantil e a total ausência de alimentos em tantos cantos desse mundo...
Não é relativo que os danos do Tsunami na Ásia tenham sido tão divulgados no início e que hoje, exista tanta miséria naqule local já esquecido de todos. 50 milhões cairiam bem por lá!
Não é relativo que um treinador de futebol possa receber 500 mil reais por mês no pais onde a maioria da população vive com menos de ½ salário mínimo...
Não é relativo, é fato, que tudo isso esteja acontecendo debaixo das barbas daqueles que tem o poder e a influência para fazer alguma diferença, mas não fazem...
Eu acho que Deus pedirá conta de todos nós, por tudo que temos visto e especialmente por aquilo que poderíamos, mas insensíveis, nos negamos a ver e apenas dizemos: isso é relativo!
Não sei se você, assim como eu, podemos fazer algo, mas pelo menos me permita o direito de ficar indignado.. porque para mim a perguntra ainda é essa : Faz sentido?

Um comentário:

Elizomarden disse...

Agradeço a Deus ter caido nas redes da PAES, sob a sua liderança. Mais uma vez vi o meu norte ir ao lugar certo lendo o seu texto.
Parabéns.