sexta-feira, 14 de agosto de 2009

De volta para o passado


Estou de volta ao Brasil depois de algumas longas horas de espera em 3 voos que atrasaram , gerando um efeito cascata que me levou a chegar com 12 horas de atraso... Mas a boa parte é que as falhas mecânicas” todos elas aconteceram em terra e com tempo hábil de serem fixadas .

Já nos aeroportos e ligado nas notícias brasileiras via internet leio que a pizza mais uma vez será servida no congresso nacional. Quem teu seu rabo preso não pode ameaçar ninguém, e é isso que acontece no nosso parlamento. É como a Bíblia já nos adianta, não há um justo nem um sequer... o escândalo Sarney, que gerou as maiores idiossincrasias políticas dos últimos tempos, que uniu Lula e Collor, junto com Renan Calheiros, que no meio da massa fétida ainda consegue que o presidente entregue mais uma rádio FM ao seu filho, que levou Lula a dizer que Sarney tem uma história no Brasil e não pode ser tratado como uma pessoa comum, que inspirou falsos arautos a levantarem a voz e serem calados com seus próprios atos secretos ou não....
Volto de uma conferência onde levei um banho de liderança, onde apreciei a seriedade de ser um líder e onde de passagem fiquei 4 dias visitando amigos no estado de Illinois e lá fico sabendo que os dois governadores anteriores estão na prisão por corrupção e o ultimo, já deposto está sendo julgado e vai ter , provavelmente o mesmo destino..um político foi condenado por terem encontrado em seu freezer cerca de 90 mil dólares sem fonte declarada... daí eu penso comigo: se 90 mil dólares levasse político brasileiro para a cadeia o estado já teria construído muitas delas por todo país, não haveria lugar pára eles.
Fui entrevistado durante a conferência e me perguntaram : qual o maior obstáculo para o desenvolvimento em seu país e para o avanço do evangelho? Não exitei em dizer “ a presença de um liderança déspota em todos os setores” , os maus exemplos e a herança maligna deixada pelos colonizadores que escandalizaram os holandeses em Pernambuco e em outros capitanias, o desejo de sugar do estado, de ter alguém sempre fazendo por eles e de levarem vantagem em tudo..isso leva nossa nação a cada dia a se embrenhar no atraso e , quando tem a oportunidade de se erguer e mostrar seu potencial de gigante adormecido, se enlameia com o poder e mostra que os vícios da corrupção são sistémicos e que impedem o verdadeiro crescimento.
Escutei no summit uma frase que me apego a ela, foi dita por Gary Hamel um presbiteriano professor da London Business School , disse ele: “ O futuro já chegou para algumas pessoas, entre no futuro, junte-se a essas pessoas...” é o que tenho procurado fazer em minha vida, mas confesso que não tem sido fácil, especialmente porque quando volto ao meu pais e me defronto com tudo isso, tenho a sensação de que estou mesmo é, de volta para o passado.

2 comentários:

Coisas simples da vida disse...

Pastor miguel, sou esposa do pastor geremias, da igreja presbiteriana de candeias,somos vizinhos.... acompanho o seu blog. Tem sido uma benção pra mim.
E é triste vê o nosso país nessas condições. Nós, cristãos, temos realmente que fazer diferança no nosso meio, ou nada mudará por aqui.
Um abraço
Telma Linhares

miguel disse...

Telma
Obrigado pelas palavras e espero que nosso pais mude, coma nossa ajuda...
miguel